fbpx

Praticamente toda pessoa que já visitou Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, volta com a impressão de que não há água mais transparente do que a desse lugar e que, mesmo se tornando cada vez mais conhecido, ele ainda é um reduto de paisagens naturais de tirar o fôlego. Ha pousada em Arraial do Cabo que usam esses aspecto como diferencial competitivo para a cidade.

Uma possível reclamação (se é que podemos chamar assim) é o fato de que a água do mar do “Caribe brasileiro” é muito fria; coisa que, nem de longe, afasta os turistas que sempre se programam para retornar ao destino e explorar ainda mais a região.

Mas, afinal, o que acontece para o mar de Arraial ser tão incrível assim?

Por que água de Arraial do Cabo é tão clarinha?

Conhecido como um dos melhores pontos de mergulho do Brasil, Arraial do Cabo também está na rota turística dos amantes do combo “areia branquinha + águas cristalinas”.

Acontece que essas características da praia de Arraial do Cabo se dão por conta de um fenômeno oceanográfico chamado ressurgência (ou afloramento).

Neste processo natural, as águas profundas e mais geladas (o que torna o banho de mar um pouco mais frio do que o comum) são levadas à superfície.

O movimento, que acontece sob influência das correntes marítimas e do vento, também arrasta os nutrientes para cima.

Resultado: uma variedade de espécies marinhas, que se torna um cenário e tanto para quem mergulha nessa região do litoral brasileiro.

A transparência é outra característica desse mar que se torna ora azul, ora verde, por conta do reflexo da luz do sol (mais intensa no verão) na areia e nos micro-organismos que estão na superfície da água.

Entre as praias mais famosas estão a Praia do Forno, Praia Grande, Prainha e Praia da Ilha do Farol.

WhatsApp chat